Mostra: Coletivos de Cinema Independentes de Belém

coletivo

 

Com intuito de agregar ao cenário audiovisual local e ratificar que não há nenhum tipo de rivalidade entre os grupos que desenvolvem projetos cinematográficos independentes em Belém do Pará , a “Quadro a Quadro”, “Qualquer Coletivo”, Ver-o-Take”, “Cinema e Miritismo” e “Coletivo Tralhoto” exibirão no Cine Olympia, dia 15 de junho, alguns de seus trabalhos para o público.
Uma iniciativa para evidenciar que o trabalho em grupo, aliado a dedicação e criatividade, podem render interessantes resultados.

Coletivo Tralhoto
“A Garota da Beira do Rio”

Sinopse:Três amigos embriagados voltam pra casa após mais forró da Ufpa, até que um deles se separa e acaba tendo um encontro inesperado com uma misteriosa garota na beira do rio.

Página do Facebook: http://www.facebook.com/coletivotralhoto?fref=ts

Coletivo Ver-o-Take
“Epitáfio”

Sinopse: Epitáfio conta a história de Eduardo (Khaled Chedid), um jovem publicitário que, aos 25 anos, tem uma vida boa e é bem-sucedido. Mas, parece que se a vida não tem problema algum, é aí que algo está errado com ela, né? Ele entra em uma crise de identidade e começa a refletir sobre sua vida, se é feliz e qual o verdadeiro sentido de sua existência. Afinal, pra que serve tudo o que ele tem feito durante os últimos anos? Eduardo decide tomar uma decisão inesperada, mesmo que ela não seja uma das mais fáceis.

Página do Facebook: http://www.facebook.com/VerOTake?fref=ts

Cinema e Miritismo
“Tereza e a Crítica”

Sinopse:O curta trata-se de uma jovem blogueira que, inconformada com a situação imposta às ditas minorias sociais, decide escrever um texto em protesto. Com a repercussão do texto, ela é convidada e explicar-se publicamente e aí que descobre-se o que ela sente e quer realmente falar.

Página do facebook: http://www.facebook.com/pages/Cinema-Miritismo/495915377105433?fref=ts

Qualquer Coletivo
“desértiqa’s gota’s líqido’s grão’s (de sangue)”

Natureza, Fenômeno, Cultura, Homem: que ruídos se colhe aqui?
Entre o ar livre e o ar condicionado, o humano (homo sapiens, homo ludens, homo faber). Ar: raro efeito, que transporta mistérios. Mistérios que o humano condiciona, para transformar em energia. Intenta libertar sua paisagem? Aprisionar sua miragem? Transformar em dígito o canto do uirapuru? Em especiarias as espécies? O sedento humano e seu oásis represado: a Imagem (visual, sonora, digital, hidroelétrica).

Página do Facebook: http://www.facebook.com/qualquerquoletivo

Quadro a Quadro

“Espelho e Silêncio”

Sinopse:Livremente inspirado no texto homônimo de Emanuel Meireles. Sozinho em uma velha casa, um homem convive em um denso silêncio. Entre alguns objetos, um espelho que lhe despertou algo levando a uma danação.

“Fotodramas”

Sinopse: Retratos do cotidiano que apresentam uma proposta de construir e desconstruir conceitos.

Página do Facebook: http://www.facebook.com/ColetivoQuadroAQuadro?fref=ts

Serviço:
Sábado, dia 15 de Junho
Às 16h no Cine Olympia
ENTRADA FRANCA

Realização e Curadoria: Quadro a Quadro
Apoio: Cine Olympia

Informações:8102-3089/8070-4941

 

Fonte: Quadro a Quadro

“Do Amor” de Rodolfo Mendonça no Festival Art Déco de Cinema // Sesc Boulevard 14 a 19 de Maio

qaq1

“Do Amor”, de Rodolfo Mendonça, foi selecionado para o 5º Festival Art Déco de Cinema, evento que acontece em São Paulo, Florianópolis, Brasília e Belém neste ano de 2013. Esta atividade reúne filmes de várias localidades do Brasil e de outros países. O curta-metragem do Coletivo “Quadro a Quadro” é o único representante do Pará neste festival e será exibido dia 16 de maio, quinta-feira, a partir das 19h no Sesc Boulevard, e estará concorrendo nas categorias melhor filme, melhor ator, melhor atriz e voto popular.

Serviço:

art

Local: Centro Cultural Sesc Boulevard

 

14/05 (Terça-feira)
19h – Abertura da 5ª Edição do Festival Art Deco de Cinema
Filmes:
A Woman/Uma Mulher (ITA); Life and Hereafter (EGI); Pin-up (RUS); Raw (EUA); Amor à Camisa; Inspiração/(ins)piração; Os Grilos do Sul Gritam Aurora; Sapato; Uma Curta Chama; Breakfast; Qualquer hora e dezessete (??:17); Davi e os Aviões; O Ultimo Lamento; Postal Pós-Moderno; Prelúdio em Sol Maior; Travessia; Freestyle Chess; Boca Fechada (BRA).
15/05 (Quarta-feira)
19h – 5ª Edição do Festival Art Deco de Cinema
Filmes: Fotobiotridimensionalidade; Vale do Piancó # Coremas; Amor Proibido; Depois da Curva; Desconhecido Íntimo; Desvelo; Um Diálogo de Ballet (BRA); Free movements; Living Pictures (RUS).
 
 16/05 (Quinta-feira)
19h – 5ª Edição do Festival Art Deco de Cinema
Filmes:
Detrás del Espejo (PER); Found Objects (EUA); Not less than 50 kg (UCR); Six (EGI); The man who fed his shadow (GRE); Luminaris (ARG); Do Amor; Estrela Radiante (BRA).
17/05 (Sexta-feira)
19h – 5ª Edição do Festival Art Deco de Cinema
Filmes:
Frank’s Tin car (GAN); Chippendale (RUS); Animador; A Mão que Afaga; Nem que tudo termine como antes (BRA).
 

Coletivo “Quadro a Quadro” exibe três novas produções

Acredito muito em coletivos de criadores, principalmente em cinema. A criação cinematográfica exige um demanda financeira e organizacional que, em início de carreira, só amigos e parceiros podem dar o suporte necessário. Tem uma hora que depois de tantas exibições, cursos e discussões é a hora de meter a cara na produção e sem as dificuldades das gerações passadas em relação a equipamentos e possibilidades de exibição e compartilhamento.

O coletivo Quadro a Quadro começa esta trajetória de forma bem contundente exibindo 3 filmes realizados coletivamente. De acordo o evento no Fecebook ” idealizado por um grupo de amigos em Outubro de 2012, o coletivo reuniu pessoas que tem uma paixão em comum: O Cinema. Porém, não era somente uma apreciação das obras cinematográficas de diretores que admiramos, nós queríamos produzir nossos próprios filmes. “. Paixão é palavra recorrente ao se falar neste cinema que se profissionaliza coletivamente, onde os esforços somadas resultam em obras que  transcendem a crítica e são exercícios de um fazer cinematográfico despretensioso. No fundo todo bom cinema é feito assim.

Outro ponto positivo é enveredar pela ficção, que é o Cinema propriamente dito. Nela as artes se integram, e a cadeia produtiva se faz necessária. Atores, cenógrafos, diretores de arte, músicos, maquiadores, motoristas, eletricistas, e toda a gama de serviços se faz necessária. E isso movimenta uma cena cultural de fato.

Composto por Rodolfo Mendonça, Rafael Samora, Raquel Minervino, Tiago Freitas, Cássio França, Vince Souza e Marcelo Tavares os filmes realizados pelo coletivo Quadro a Quadro são “Do Amor”, “Em” e “Entre Portas”.  Em breve acredito que o coletivo deve disponibilizar os filmes on line e faremos um post específico pra cada produção. Muito feliz em compartilhar essa notícia.

“Do Amor” de Rodolfo Mendonça

qaq1

Sinopse: Sem Alma Cruel, Cretino, Descarado e Filho da Mãe.
Duração:04:30

Argumento, Direção e Fotografia: Rodolfo Mendonça

Edição: Rodolfo Mendonça
Elenco: Raquel Minervino, Rodolfo Mendonça e Vinícius Moraes
Áudio Direto: Cássio França
Produção: Cássio França, Marcelo Tavares,Rafael Samora, Raquel Minervino, Tiago Freitas e Vince Souza

“Em” de Raquel Minervino

qaq2

Sinopse: Livremente inspirado no poema “O Tempo” de Max Martins, “Em” fala do corte sútil, sorrateiro e abrupto que vai sendo tecido a cada Pão partilhado. Fala da Faca que sempre esteve e sempre estará, ansiosa e pungente por dilacerar os Nós.
Duração: 05:20

Argumento e Direção: Raquel Minervino

Fotografia e Edição: Rodolfo Mendonça
Elenco: Raoni Moreira e Vittória Braun
Trilha original: Vinícius Moraes
Produção: Cássio França, Marcelo Tavares, Rafael Samora, Rodolfo Mendonça, Tiago Freitas, Vince Souza, Gabriel Gaya e Edne Maués

 

“Entre Portas” de Rafael Samora

qaq3
Sinopse: Pesadelos recorrentes atormentam a vida de um jovem. Em uma noite, porém, a lucidez invade o seu sono.
Duração: 09:00

 

Argumento, Direção e Fotografia: Rafael Samora

Edição: Rodolfo Mendonça
Elenco: Bruna Valle e Ramón Rivera
Áudio Direto: Cássio França
Trilha original: Armando Mendonça
Produção: Cássio França, Marcelo Tavares, Raquel Minervino, Rodolfo Mendonça, Tiago Freitas, Vince Souza e Suzanne Hasegawa

Serviço:
Dia 20 de fevereiro, quarta-feira
Às 18h30 no Cine Teatro do CCBEU
(Travessa Padre Eutíquio, 1309)

ENTRADA FRANCA

Realização: Coletivo Quadro a Quadro
Apoio: CCBEU
Mais informações: 8374-9497 / 8158-1840 / 8421-8071

CONFIRME SUA PRESENÇA NO FACEBOOK.