‘O olhar etnográfico de Giovanni Gallo’ / exibição de videos e debate

foto15

Giovanni Gallo mudou o destino de uma região do Marajó com suas ideias revolucionarias para a época, subsistência através da preservação do meio-ambiente aliada a preservação do patrimônio histórico e cultural. Fundou o Museu do Marajó, uma das primeiras instituições museológicas do estado, em Cachoeira do Arari, um museu interativo, criativo e moderno que é, apesar do abandono de recentes administrações e falta de apoio governamental, instituição obrigatória no circuito museal do Estado do Pará. Como entusiasta da arte desenhava a cultura ancestral marajoara e registrou em livro os padrões de desenhos da antiga civilização do arquipélago. Além de tudo isso ainda fotografava e fazia filmes em Super-8 da região, seus habitantes e cultura. Essas imagens raras do Marajó  nos anos 1960/70 foram doadas pelo próprio Giovanni ao Museu da Imagem e do Som do Pará junto com suas câmeras e projetores. Esses filmes passaram recentemente por um processo de digitalização e restauro e poderão ser vistos na mostra ‘O olhar etnográfico de Giovanni Gallo’ no Museu do Estado do Pará em evento realizado pelo MIS-PA com a presença do antropólogo Flávio Silveira. Memória do cinema, preservação do patrimônio cultural e antropologia em uma única e imperdível sessão.

 

Serviço: 

Dia 16, às 18h30 – Sala das Artes – Museu do Estado do Pará

Mostra de vídeo com mediação “Olhar etnográfico de Giovanni Gallo”

Praça Dom Pedro II, S/N – Cidade Velha – Belém-PA

(Programação da 11a Semana de Museus).

Mãos de Outubro (2009), de Vítor Souza Lima

 

MÃOS DE OUTUBRO, 2009, Belém/PA

direção e roteiro: Vitor Souza Lima, fotografia: Octavio Cardoso, Alberto Bitar e Armando Queiroz, som direto: Leo Bitar, montagem: Alberto Bitar e Vitor Souza Lima, desenho de som: Aurélio Dias e Leo Bitar, edição de som:  Aurélio Dias, mixagem: Aurélio Dias, produção executiva: Jorane Castro, coordenação de produção: Danielle Santos, assistentes de direção: Daniele Queiroz e Danielle Valente, assistentes de fotografiaGuto Nunes, Marcelo Rodrigues e André Mardock, assistente de som direto: Tiago Pinto, assistentes de produção: Shirleyde Almeida Reis, Silvia Gomes, Vanja Fonseca (São Paulo) e Flávia Portela (Rio de Janeiro), maquinaria: Anderson Conte (Miguel), coordenação de pós-produção: Danielle Santos, coordenação de pós-produção de som: Maria Byigton, conselheiro técnico: Atini Pinheiro, pesquisa: Sâmia Maffra e Silvia Gomes, fotos still: Ana Flor, assessoria de imprensa: Dedé Mesquita, criação gráfica: Melissa Barbery e Vitor Souza Lima, motoristas: Márcio da Silva e Junior Pádua,  transfer digital: Labocine do Brasil S.A., negativo de som : Rob Filmes, estúdio de mixagem : Artesanato Digital, som: Dolby 5.1