IV SEMANA DO PATRIMÔNIO AUDIOVISUAL DA AMAZÔNIA // CICLO DE ENTREVISTAS >> CHICO CARNEIRO

IV SEMANA DO PATRIMÔNIO AUDIOVISUAL DA AMAZÔNIA

CICLO DE ENTREVISTAS

DIA 28/10 – CHICO CARNEIRO / Memórias cinematográficas na Amazônia

CHICO CARNEIRO é documentarista e fotógrafo paraense atuante desde os anos 1970, quando trabalhou como assistente de câmera e de som para cineastas como Jorge Bodansky, Orlando Senna, Wolf Gauer, Leon Hirzman, Neville D’Almeida, Adrian Cooper e Hector Babenco. Realizou curtas documentários e de ficção no Pará nos anos 1970 e 1980. Viveu e trabalhou com cinema em São Paulo antes de se mudar para Moçambique em 1983, onde fez parte da fundação de um núcleo de produção cinematográfica local. Seu filme moçambicano de ficção “Lorena” ganhou o Tatu de Ouro como melhor vídeo de ficção na Jornada Internacional de Cinema de Salvador, em 2005. Seu filme documentário “Djambo” foi o vencedor do Concurso CPLP/Documentários/2015, pólo Moçambique. Divide seu trabalho entre Moçambique e a Amazônia paraense, onde desde 2001 realiza documentários independentes. Foi homenageado pelo FICCA – Festival Independente de Cinema do Caeté em 2020.
#WORLDHERITAGEDAY #PATRIMONIOAUDIOVISUAL #CINEMAPARAENSE #AMAZONIA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s