Festival de Audiovisual de Belém – Cine Olympia de 17 a 20 de Setembro/2013

1157479_511116955647222_2086617157_n

A produção audiovisual da Amazônia, especialmente de Belém do Pará, vive um período privilegiado. Prêmios e exibições nacionais e internacionais, cineclubes, associações de críticos, cinemas que exibem programação alternativa e mesmo cinemas comerciais apresentando as novidades na produção audiovisual mundial, cursos livres promovidos por associações e produtoras ajudam a compor o cenário atual de audiovisual na cidade. Merecem destaque também o recém-criado curso de Graduação em Cinema a Audiovisual, da Universidade Federal do Pará e eventos acadêmicos relacionados à produção da cidade, como o “Seminário 100 anos do Cinema Olympia” e o “CLIC em Cena”.

Apesar deste panorama, Belém ainda precisa de mais iniciativas que colaborem para um maior fortalecimento e desenvolvimento da produção audiovisual. Daí (s)urgiu a necessidade de criar o Festival de Audiovisual de Belém, com o objetivo de incentivar a produção técnica e conceitual dos interessados em tal área não somente da cidade como da região. Além disso, o evento busca criar um ponto de encontro em que público e produtores de audiovisual, não somente da região, mas do Brasil e de outros países, possam dialogar e trocar experiências.
Em sua primeira edição, o Festival contará com Mostras Competitivas nas categorias “Curtas Metragens”“Videoclipes”“Campanha Publicitária Audiovisual” e “Produção de conteúdo para TV e internet” e Mostras Não Competitivas de Videoarte e de Livroclipes. Inovador, ainda premiará aMelhor Crítica de Cinema escrita sobre algum curta metragem ou longa metragem paraense.

Amplo, diversificado e atento à importância da “marca” Amazônia, o evento objetiva se constituir em uma grande plataforma para a apresentação de novos talentos e, além disso, busca colaborar para inserir de vez Belém na geografia nacional da produção audiovisual contemporânea, o que está sintetizado no slogan do evento: Audiovisual vai além. Audiovisual vem pra Belém.

 

Confira a programação completa do FAB 2013:

 
∎ 17 DE SETEMBRO
• 19h – Mostra Não Competitiva de Vídeos de Bolso
– “Ruídos”, 1’21”
– “Olho de Cutia”, 1’14”
– “O lado oculto da floresta”, 1’01”
– “Pessoal, vem ver a preguiça”, 1’16”
 
• 19h10 – Abertura oficial do Festival de Audiovisual de Belém
 
• 19h40 – Exibição de Curtas Paraenses Convidados
– “Ervas e Saberes da Amazônia”, 23’, Zienhe Castro;
– “Muragens – Crônicas de um muro”, 12’11”, de Andrei Miralha;
– Lançamento do curta-metragem “Eu moro aqui – histórias dos povos das florestas do Norte do Brasil”, de Fernando Segtowick e Pedro Afonso.
 
• 20h30 – Coquetel
 
∎ 18 DE SETEMBRO
• 15h – Seminário de Audiovisual de Belém (“Os desafios das Campanhas Publicitárias Audiovisuais”), com Ronaldo Salame, Luis Aravena Iturriaga (SB Virtual), Renato Malcher (Cesupa)
 
• 16h30 – Mostra Competitiva de Campanhas Publicitárias
– Dia dos Namorados Richards, 2013, Rio de Janeiro, 1’15”
– Livro Interativo sobre Integração Lavoura-Pecuária-Floresta – ILFP, 2012, Pará, 0’35”
 
zoom-sergio-rizzo-(diretor-de-fotografia)-903• 16h45 – Seminário de Audiovisual de Belém – Palestra e bate-papo com Sérgio Rizzo (Folha de S. Paulo/ Academia Internacional de Cinema/ FAAP-SP) sobre Crítica Cinematográfica na Contemporaneidade.
 
• 17h45 – Comentários sobre críticas cinematográficas selecionadas para o Festival
– “De boas intenções…” (sobre o filme “Belém aos 80”, 2007). Autor: Dário Façanha Neto;
– “O verde do jambeiro” (sobre o filme Juliana contra o Jambeiro do Diabo pelo Coração de João Batista, 2012). Autora: Aline Figueiredo de Albuquerque.
 
• 18h30h – Mostra de Videoclipes/ Votação do Público
– Memórias Mortas – Ut Opia, Pará, 3’29’’
– Time is Money – D’NAIPES, São Paulo, 4’33’’
– Abra os olhos – Kararoots, Sergipe, 4’26’’
– Passou e não me viu – Álibi de Orfeu, Pará, 5’09’’
– Forasteira – Robson Farah, Rio de Janeiro, 4’55’’
 
• 19h – Mostra de Curtas-Metragens/ Votação do Público
– Quebra de contrato – Ficção, Rio de Janeiro, 20’
– O anônimo – Ficção, São Paulo, 6’45’’
– Iara na terra do tecnobrega – Ficção, Pará, 5’30″
– Ópio – Ficção, Rio de Janeiro/Rio Grande do Sul, 13’16”
– Espelho e Silêncio – Experimental, Pará, 9’37’’
– Estação Bahia – Documentário/Experimental, Brasil/Cuba, 14’
– Tecnicolor – Pará, Ficção, 5’14’’
– Cancha – Antigamente era mais moderno – Documentário, Paraíba, 18’
– Epitáfio – Ficção, Pará, 8’28’’
download
 
∎ 19 DE SETEMBRO
• 15h – 16h30 – Seminário de Audiovisual de Belém (O ver e o viver através do Videomapping)
Roberta Carvalho, Enderson Oliveira (mediador)
 
• 16h45 – 18h15 – Seminário de Audiovisual de Belém – Cinema de animação e produção audiovisual contemporânea
Sérgio Rizzo (Folha de S. Paulo/ Academia Internacional de Cinema/ FAAP-SP), Andrei Miralha (Fundação Curro Velho), Ana Carolina Almeida (mediadora)
 
• 18h30 – Mostra de Videoclipes/ Votação do público
– O Bom – Banda Tipity, Pará, 5’32’’
– Obrigado Tempestade – Hateen, São Paulo, 5’36’’
– O que você quer escutar? – Gu Siqueira e Offbeat, Campinas, São Paulo, 3’40’’
– Verde Mar – Álibi de Orfeu, Pará, 4’20’’
– Verão na VR – Sistema Negro, Campinas, São Paulo, 6’26’’
 
• 19h – Mostra de Curtas- Metragens/ Votação do público
– Derredor – Ficção, Sergipe, 18’42
– Belém à vapor – Documentário, Pará, 5’
– Reencontro – Ficção, São Paulo, 18’06
– Non Plus – Ficção, Brasil/ França, 7’
– Cosp Tinta Crew – Arte, Cor e Luta – Pará, Documentário, 10’29’’
– A Grande Viagem – Ficção, São Paulo, 15’
 Gigantes da alegria – Documentário, Rio de Janeiro, 12’02’’
 Linear – Animação, São Paulo, 2012, 6’
 Espátula e Bisturi – Ficção, Pará, 7’30’’
 
∎ 20 DE SETEMBRO
• 15h – 16h30 – Seminário de Audiovisual de Belém (Chanchadas Pós Modernas?)
Marco Antônio Moreira (ACCPA/ Cinema Olympia), Paulo Dias (CLIC)
 
• 16h45 – Seminário de Audiovisual de Belém – Palestra e Bate-papo com Guilherme Bryan (Belas Artes/ Revista Rolling Stone/ B2 produções/ SP) sobre videoclipes e produção musical
 
• 18h15 – Mostra Não Competitiva de Videoarte
– Integração Lavoura-Pecuária-Floresta na Poesia da Amazônia, Pará, 4’25’’
– Spaghetti Eisenstein, Pará, 2’40’’
– Ondas curtas, São Paulo, 8’53’’
– Curtinha dos pés, Pará, 1’
 
• 19h – Premiações Mostras Competitivas de Curtas Metragens, Videoclipes, Campanhas Publicitárias e Crítica de Cinema.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s