“Aruanã” (1938) de Líbero Luxardo – Ciclo Mato-grossense

Filme raríssimo do cineasta Líbero Luxardo, produzido pela Cinédia e realizado no Mato-Grosso em 1938. Antes de chegar no Pará o cineasta paulista já havia realizado três filmes de longa-metragem em seu ciclo Mato-grossense, “Alma do Brasil” (1932), “Caçando Feras” (1936) e este “Aruanã” (1938). É curioso o estilo semi-documental imposto por Luxardo aos seus filmes, sempre nos prólogos. Esse “Aruanã” tem grandes semelhanças estéticas com “Marajó: barreira do mar” (1966), as tomadas de paisagem, a estória do pesquisador/explorador em terras estranhas, o romance água-com-açúcar de fundo. “Aruanã” se encontra no acervo do Cinemateca do Museu de Arte Moderna do Rio e não sei quem foi o cinéfilo que postou esse filme no Youtube que era inédito pra nós da Cinemateca Paraense, caso ele tire do ar já baixamos tudo, uma obra importante como essa não pode nem vai ficar presa dentro de um arquivo, deve ser  pública. Boa sessão.

A quinta parte está neste link, clique aqui. (a incorporação está bloqueada)

Uma resposta em ““Aruanã” (1938) de Líbero Luxardo – Ciclo Mato-grossense

  1. Comentário no Youtube no Canal do edsoncamboin (http://www.youtube.com/user/edsoncamboim) “Meus avós atuaram nesse filme e sempre achamos que os rolos haviam se perdido no incêndio a atingiu Cinédia. Porém recentemente a Cinédia localizou os rolos e nos enviou uma cópia. Espero que não tirem do ar, afinal o youtube foi o local mais seguro que achei para armazenar isso e evitar que suma novamente.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s